ECONOMIA

Portugueses salvaram este verão no Algarve com 3,6 milhões de dormidas

Portugueses salvaram este verão no Algarve 3,6 milhões de dormidas
O mercado interno contribuiu com 3,6 milhões de dormidas entre julho e setembro de 2021 na região, o que corresponde a um aumento de 30% face ao mesmo período de 2019, que foi o melhor ano de sempre para o turismo em Portugal. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística (INE) e do Turismo do Algarve.

O Algarve registou 858 mil dormidas de turistas portugueses em setembro (+30,5%), 1,7 milhões em agosto (+37%) e 1 milhão em julho (+19,2%), resultados que representam em cada mês máximos históricos do mercado interno na região algarvia.

Deste modo, o mercado interno contribuiu para consolidar o processo de retoma da atividade turística no Algarve, que concentrou 38,1 por cento das dormidas de portugueses no trimestre em território nacional.

Os turistas estrangeiros, por sua vez, realizaram cerca de 2,6 milhões de dormidas no terceiro trimestre do ano, um decréscimo de 58,4 por cento ou menos 2,8 milhões face a 2019, penalizando a performance do destino.

No total, contabilizando as dormidas de residentes e não residentes, os estabelecimentos de alojamento turístico do Algarve registaram perto de 6,2 milhões de pernoitas em julho, agosto e setembro, um recuo de 31,2% face ao período homólogo de 2019.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste