Praia D. Ana: Ministro diz que segurança está primeiro

A alimentação artificial da D. Ana, em Lagos, está em curso apesar da contestação dos ambientalistas

O ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, reagiu esta terça-feira à queixa apresentada pelos ambientalistas, em Bruxelas, contra as obras de alimentação artificial na praia D. Ana, em Lagos

 

O responsável pela pasta do ambiente justifica a intervenção muito contestada na praia D. Ana, no concelho de Lagos, com a necessidade de garantir a segurança dos banhistas.

“É verdade que esta praia é uma das mais bonitas do mundo – mais pela paisagem do que pela utilização que proporciona. A razão é simples: a erosão costeira e o défice de areia transformou aquela praia em pouco mais do que uma arriba em cima do mar”, salienta Jorge Moreira da Silva, frisando que “os riscos para a segurança das pessoas são notórios”.

Esta reação surge após a associação Almargem ter anunciado que iria avançar com uma queixa à Comissão Europeia e ao Ministério Público contra as obras naquela praia algarvia.

 

- Publicidade -

NC/JA

.

.

Deixe um comentário

- Publicidade-PUB aguas do algarve

Leia Também

+ Populares

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

- Publicidade -PUB tavira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste