CULTURA

Primeiro Concurso Cidades do Vinho realiza-se em novembro em Lagoa

As associações de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e das Rotas do Vinho de Portugal (ARVP) promovem, em novembro, em Lagoa, o primeiro Concurso Cidades do Vinho, integrado no Concurso Europeu Città del Vino.

O concurso conta com o alto patrocínio da Presidência da República e acontece em parceria com a congénere italiana – Città del Vino – e com a RECEVIN – Rede Europeia das Cidades do Vinho, refere uma nota da AMPV.

A primeira edição do Concurso Cidades do Vinho – Portugal Wine City Challenge, vai decorrer no Convento de São José, em Lagoa, de 26 a 29 de novembro, salientando a AMPV a sua importância para “a promoção dos vinhos associados ao território” e para o trabalho de “afirmação de um setor tão fundamental para o país” e da “cultura associada ao vinho, que está tão viva e presente e que é transversal a todo o território nacional”.

“Este concurso assume particularidades que o distinguem e o tornam único. A começar pela promoção conjunta do vinho e do território: municípios juntam-se aos vitivinicultores para, em conjunto, atuarem como promotores dos vinhos dos seus territórios”, sublinha a nota.

Por outro lado, o evento permite a participação em dois concursos, com uma única inscrição e um único pagamento: no Concurso Cidades do Vinho – Portugal Wine City Challenge, a nível nacional, e no Concurso Europeu Città del Vino, a nível internacional.

Segundo a associação, os vinhos inscritos no Concurso Cidades do Vinho irão estar também presentes, de 21 a 23 de maio de 2021, no concurso internacional que se realiza em Castelvetro di Módena, responsabilizando-se a organização pelo envio das amostras dos vinhos portugueses para Itália.

“Acresce ainda o facto de todos os vinhos poderem estar, de uma forma gratuita, para venda online na plataforma smartfarmer.pt, da OIKOS”, que vai criar uma página própria para os vinhos premiados, afirma a AMPV.

Os melhores vinhos do concurso (os mais pontuados de cada região vitivinícola, o espumante e o vinho fortificado) participarão igualmente na Prova Nacional de Vinhos, a realizar em maio de 2021.

O evento conta com uma comissão de honra, presidida por Vasco d’Avillez e constituída por 88 presidentes de câmara e 30 entidades ligadas ao setor do “vinho, território e turismo”, e com uma comissão técnica científica, presidida pelo investigador António Sérgio Curvelo Garcia, sendo o júri do concurso presidido por António Ventura.

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: