ALGARVE

PS Algarve acusa a TAP de “contínuo alheamento” para com a região

Aeroporto de Faro

O presidente do PS Algarve escreveu esta semana ao ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, manifestando o seu descontentamento pelo “contínuo alheamento” da companhia aérea portuguesa para com o Algarve, principal destino turístico português, divulgou a Federação do PS/Algarve.

Luís Graça, deputado do PS na Assembleia da República e presidente do PS Algarve, diz que a companhia aérea portuguesa “não aprendeu nada com os erros do passado e apesar dos esforços do Primeiro-ministro na retoma da actividade económica do sector do turismo e do Presidente da República em demonstrar a importância do Algarve para a economia nacional a TAP insiste em manter-se longe do Aeroporto Internacional de Faro e do Algarve”.

“Mesmo numa altura de enorme crescimento da procura entre o Reino Unido e o Algarve, depois do Governo Britânico ter reaberto o corredor aéreo com Portugal, e quando várias companhias aéreas estrangeiras retomaram ou aumentaram o número de ligações com o Aeroporto Internacional de Faro e as agências de viagem e as associações de hoteleiros dão conta do aumento exponencial da procura do Algarve pelo mercado britânico com reservas até outubro, a TAP continua sem intenções de voar entre o Reino Unido e o Algarve”, diz a missiva.

“Nós no Algarve até já estamos habituados a não contar com a TAP. Na verdade é até motivo de algum orgulho sermos o maior destino turístico português e a TAP representar apenas 3% do total de voos para o Aeroporto Internacional de Faro pois isso significa que soubemos enquanto região encontrar ao longo dos anos alternativas mas pensávamos que os últimos acontecimentos, designadamente os efeitos da pandemia na indústria das viagens e particularmente no sector da aviação e na TAP em concreto podiam ter mudado o pensamento da empresa e colocado a TAP a agir como uma verdadeira companhia aérea de bandeira contribuído para o desenvolvimento da economia de todo o país. Era um desejo bonito mas, como dizemos aqui no Algarve “foi sol de pouca dura”.

O líder do PS Algarve diz que não basta ao Governo injetar dinheiro para salvar a TAP, é preciso que a empresa e os seus administradores a queiram salvar.

“A TAP continua sem aprender com os erros do passado mantendo-se de costas voltadas para o desenvolvimento do País”, conclui a mensagem.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste