POLÍTICA

PSD/Portimão avança com moção de censura a Isilda Gomes

Isilda Gomes
Isilda Gomes

O PSD de Portimão avançou na semana passada com uma moção de censura à presidente da Câmara Municipal, Isilda Gomes, acusando a autarca de agir “com imoralidade” e de ser vacinada indevidamente contra a covid-19, anunciou o partido.

A moção de censura foi entregue ao presidente da Assembleia Municipal de Portimão pelo PSD, que considera que Isilda Gomes “devia dar o exemplo” e que colocou o município “no mapa dos maus exemplos nacionais nesta etapa de luta pandémica”, segundo o comunicado.

O partido acrescenta que a autarca “colocou o foco indevido nos brilhantes profissionais de saúde que, no Hospital de Campanha do Arena e em todo o universo Centro Hospitalar Universitário do Algarve, trabalharam para salvar portugueses e levaram com a vacina da desconfiança e descrédito de um caso político que abafou todo o belíssimo trabalho que fazem ainda”.

A Comissão Política do PSD/Portimão garante que “agilizou conversações com todas as forças partidárias do município, com assento na Assembleia Municipal de Portimão” e que a moção “será subscrita por mais forças e membros autárquicos”.

Ao JA, Isilda Gomes recusou-se a comentar esta questão porque “não merece comentários”.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste