PSD questiona Governo sobre atraso das intervenções no litoral

José Carlos Barros (PSD)

.

O PSD questionou o Governo sobre a falta de resposta às situações de risco identificadas na sequência dos temporais que afetaram o litoral algarvio no final de fevereiro e início de março.

“Questionámos o ministro do Ambiente pois, até à data, desconhecemos qualquer avanço neste processo, sendo preocupante a falta de resposta do Governo ao vasto conjunto de situações a exigir intervenção urgente”, referem José Carlos Barros e Cristóvão Norte, deputados sociais democratas eleitos pelo Algarve.

A Assembleia da República aprovou no passado dia 6 de abril um projeto de resolução do PSd sobre a inventariação urgente das situações e infraestruturas de interesse patrimonial em risco, impondo ao Ministério do Ambiente a definição, no prazo de 30 dias, de um Programa de Minimização de Riscos de Utilização da Faixa Costeira do Algarve.

De entre essas situações, os parlamentares do PSD realçam o assoreamento das barras e a devastação de cordões dunares na Ria Formosa, as situações de risco na costa rochosa do Barlavento e as infraestruturas de interesse patrimonial em risco, de que é exemplo a Fortaleza de Cacela Velha.

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste