ALGARVE

PSP detém 10 suspeitos de tráfico de droga após buscas em Portimão e Silves

psp

A PSP realizou 33 buscas por suspeita de tráfico de estupefacientes, deteve 10 pessoas e constituiu outras cinco arguidas, e apreendeu 340 doses de várias drogas e armas numa operação nos municípios de Portimão e Silves, disse fonte policial. 

O comissário Fábio Coelho, da Esquadra de Investigação Criminal da divisão de Portimão da PSP, disse à agência Lusa que, durante as diligências, as autoridades apreenderam 340 doses de várias drogas, dinheiro e armas, e que sete dos detidos vão ser presentes ao juiz de instrução criminal esta quinta-feira para aplicação de eventuais medidas de coação. 

A operação foi executada na quarta-feira, com “33 buscas, 20 das quais domiciliárias e as outras 13 a veículos”, e levou à “detenção de 10 indivíduos, com idades entre 20 e os 38 anos, e à constituição como arguidos de mais cinco cidadãos, igualmente por suspeitas de tráfico de estupefacientes”, afirmou a fonte da PSP. 

As buscas foram realizadas em “Portimão e Silves, com maior incidência no concelho de Portimão” e contaram com a colaboração da GNR na sua área de atuação. 

“Foi apreendido estupefaciente de vários tipos, nomeadamente cerca de 240 gramas de liamba, duas plantas de canábis, 50 doses de ecstasy, 20 doses de cocaína e 20 doses de haxixe”, quantificou o comissário. 

Foram igualmente apreendidos cerca de 8.700 euros em numerário e “três caçadeiras de 12 milímetros, uma pistola de 6,35 milímetros, duas reproduções de armas de fogo e também um bastão extensível”, assim como “62 artefactos pirotécnicos, seis viaturas automóveis e material de pesagem e acondicionamento do produto estupefaciente”. 

A mesma fonte esclareceu que a operação foi resultado de “uma investigação que já se vinha a desenvolver há cerca de dois anos” e que se debruçou sobre a “venda direta ao consumidor”. 

Fábio Coelho referiu ainda que as “diligências foram acompanhadas no terreno pelo magistrado titular da investigação”, pertencente ao Ministério Público do Tribunal de Portimão, e “alguns detidos foram ouvidos por ele no dia de ontem [quarta-feira]”. 

“Ainda assim, há sete detidos que serão presentes no dia de hoje perante o juiz de instrução criminal para aplicação de medida de coação”, acrescentou o comissário da Esquadra de Investigação Criminal da divisão de Portimão da PSP. 

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste