Quarteira: Prisão preventiva para suspeito de nove furtos em estabelecimentos comerciais

.

Um homem de 29 anos foi detido em Quarteira pela GNR, e acabou por ficar em prisão preventiva, por suspeitas de furtos em nove estabelecimentos comerciais.

Na sequência da busca domiciliária, no âmbito de uma investigação iniciada em fevereiro deste ano, a cargo do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Loulé, foram apreendidas mais de 200 pedras, de acordo com a GNR, “aparentemente preciosas”, cinco telemóveis, um tablet e uma réplica de revólver.

O detido, que terá furtado artigos num valor que ascende aos 50 mil euros, foi presente no DIAP Loulé tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A ação contou com o apoio do Subdestacamento Territorial de Quarteira da GNR e dos postos territoriais de Vilamoura e Loulé.

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste