Quase 200 mil pessoas passaram pela Fatacil de Lagoa

Mais de 195 mil visitantes passaram pela 40ª edição da Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria de Lagoa (FATACIL), que teve lugar, entre 16 e 25 de agosto, em Lagoa. Desta forma, foi assim batido o recorde da edição anterior (180 mil visitantes), no que diz respeito a entradas no recinto.

A Câmara Municipal de Lagoa adianta que registou um aumento de aproximadamente 10% no número de visitantes e receita de bilheteira em relação a 2018.

Aquela que é a maior feira a sul do Tejo bateu o seu recorde de entradas no dia 24 (sábado), com a atuação da fadista Mariza com a Orquestra Clássica do Sul, com perto de 30 mil visitantes.

Uma vez mais, os vinhos do Algarve estiveram em grande destaque, bem como o Espaço Amar a Terra, onde as mesas se mantiveram sempre cheias, revelando a curiosidade dos visitantes pela gastronomia, pelas tradições e pela cultura algarvia.

A animação, garantida pela atuação de ranchos folclóricos de várias zonas do país, e as tertúlias e sessões de show cooking constituíram outro dos aliciantes para o sucesso daquele espaço.

O público registou ainda uma grande afluência no setor equestre, particularmente nos dias de atuação do cabeça de cartaz Paco Martos.

Destaque, ainda, para o espaço do artesanato, onde os artesãos trabalharam ao vivo, em atividades tradicionais, durante os 10 dias da feira.

Segundo o presidente da Câmara de Lagoa, Luís Encarnação, esta foi “a melhor Fatacil de sempre, uma verdadeira mostra do melhor que o Algarve e o país têm para oferecer”, adiantando que o município de Lagoa já começou a preparar a 41ª edição, que decorrerá entre os dias 21 e 30 de agosto de 2020.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste