Quirguistão: Moscovo e Washginton consideram referendo importante para estabilização

Serguei Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, e Hillary Clinton, sua homóloga norte-americana, consideraram hoje que a realização do referendo constitucional no Quirguistão terá grande importância para a estabilização da situação no país.

Segundo uma nota publicada pelo MNE da Rússia, “durante uma conversa telefónica, foram trocadas opiniões sobre a situação no Quirguistão, tendo Serguei Lavrov e Hillary Clinton sublinhado a grande importância do referendo sobre o projeto da nova Constituição, marcado para 27 de junho, para a estabilização da situação e o seu regresso ao campo da lei”.

Lavrov e Clinton sublinharam que os principais esforços da comunidade internacional face ao Quirguistão devem visar a superação das consequências humanitárias da crise, incluindo a coordenação no campo do envio de ajuda humanitária para o país.

Os dirigentes das diplomacias russa e norte-americana abordaram também temas como a preparação da visita do Presidente Medvedev aos Estados Unidos, que terá lugar entre 22 e 24 de junho, a situação no Médio Oriente, Irão e Península da Coreia.

O atual governo provisório quirguize chegou ao poder a 07 de abril, quando o presidente Kurmambek Bakiev foi derrubado por um levantamento popular. O Parlamento foi dissolvido e marcado um referendo sobre o projeto da nova Constituição, que poderá transformar o país numa república parlamentar. As eleições parlamentares estão marcadas para 10 de outubro e as presidenciais, para o mesmo mês do próximo.

JM

*** Texto escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

JA/Lusa

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste