Quirguistão: Referendo indica que 90 por cento da população quer nova Constituição

A nova Constituição quirguize recolheu mais de 90 por cento dos votos a seu favor no referendo de domingo, anunciou a Comissão Eleitoral hoje de madrugada no “site”, quando estão contados cerca de 90 por cento das assembleias de voto.

De acordo com os resultados parciais publicados pela comissão, a nova Constituição obteve 90,7 por cento de “sim” e 7,96 de “não”.

Os resultados definitivos são esperados dentro de dois dias.

A nova Constituuição sobre a qual os quirguizes votaram no domingo pode favorecer o extremismo neste país já devastado por violência étnica, disse em Toronto o Presidente da Rússia, Dmitri Medvedev.

“Uma República parlamentar no Quirguistão poderá encorajar a chegada ao poder de forças extremistas”, declarou o Presidente russo no final da cimeira do G20, que decorreu durante o fim de semana na cidade canadiana de Toronto.

“Tenho dificuldade em imaginar como poderá funcionar no Quirguistão uma república parlamentar, sem provocar uma série de problemas e encorajar a chegada ao poder de forças extremistas”, acrescentou.

“O Quirguistão tem pela frente vários desafios, nomeadamente o risco de explodir. Para evitar tal cenário é preciso ter um poder forte, bem organizado”, concluiu Medvedev.

NV

Lusa/JA

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: