ALGARVE

Rede Expressos decide manter atividade no próximo fim de semana

A Rede Expressos anunciou hoje que decidiu ajustar o nível de serviço público de transporte de passageiros, no próximo fim de semana prolongado, de 5 a 8 de dezembro (sexta a terça-feira próximas), “de forma a permitir mobilidade de transporte em território nacional, durante o período em que vigoram algumas restrições à circulação impostas pelo Conselho de Ministros”.

O percurso entre a capital e o Algarve, entre Lisboa e Vila Real de Santo António, é um dos serviços que vai efetuar naqueles quatro dias.

Trata-se de uma mudança de planos da empresa, já que, anteriormente, a Rede Expressos decidira suspender toda a actividade de transporte de passageiros nos dois fins-de-semana, pontes e feriados, “tendo em conta a proibição de deslocações entre concelhos determinada pelo Governo”.

“A Rede Expressos está consciente da importância do serviço público que presta às populações, pelo que decidiu manter a atividade de transporte no próximo fim de semana prolongado, ainda que ajustando os horários, as frequências e os trajetos a realizar”, anunciou entretanto a transportadora rodoviária em comunicado saído hoje.

Lisboa-Porto, Lisboa-Braga, Lisboa-Aveiro, Lisboa-Lagos, Lisboa-Vila Real de Santo António, Lisboa-Beja, Lisboa-Elvas, Lisboa-Monção, Lisboa-Chaves, Lisboa-Leiria, Lisboa-Bragança, Porto-Bragança, Lisboa-Guarda, Lisboa-Lamego, Lisboa-Gouveia e Braga-Castelo Branco são os trajetos a realizar pela Rede Expressos, nos dias 5, 6 e 7 de dezembro. No dia 8 de dezembro irá operar os serviços normais de dia feriado.

Todos os passageiros que desejem beneficiar do serviço de transporte, colocado à disposição pela Rede Expressos, devem consultar o site www.rede-expressos.pt para obter informações relativas a horários a realizar pela empresa e também para a aquisição dos respetivos títulos de transporte.

Segundo a Rede Expressos, o serviço de transporte será assegurado no cumprimento de todas as recomendações impostas pela Direção Geral da Saúde e pelo Governo.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste