ALGARVE

Rogério Bacalhau defende criação de Comissão de Proteção de Idosos

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, defendeu na quarta-feira, no Dia Internacional da Terceira Idade, a criação de uma Comissão de Proteção de Idosos e Seniores, anunciou a autarquia.

Durante a cerimónia da criação da Rede Algarvia de Investigação Colaborativa sobre o Envelhecimento (RAICE), na Universidade do Algarve (UAlg), o autarca salientou que deve ser criada a comissão, tal como existe para as crianças e jovens em risco.

“O município tem feito, através do Gabinete de Apoio ao Idoso, um acompanhamento próximo com um grupo alargado de idosos, nomeadamente durante o confinamento, também com a ajuda da PSP e da GNR, e existem muitos problemas com idosos por situações de isolamento e falta de assistência ou até por abusos, até financeiros, por parte de familiares”, referiu Rogério Bacalhau.

O autarca acrescentou ainda que “devia criar-se a nível nacional uma entidade idêntica às CPCJs para tratar este tipo de problemas dos idosos”.

A RAICE trata-se de um projeto de investigação que pretende aplicar-se diretamente na vida das comunidades “através da contribuição para o desenvolvimento de políticas públicas e de práticas profissionais que promovam, efetivamente, sociedades amigas de todas as idades e a qualidade de vida de todos, em particular das pessoas mais velhas”, segundo o comunicado.

“O objetivo é que os resultados desta investigação sejam relevantes para todos os atores intervenientes, com o objetivo último de desenvolver políticas públicas e práticas profissionais que promovam a qualidade de vida de todas as idades, mas em particular das pessoas mais velhas”, explicou o impulsionador técnico do projeto, José de São José, professor da Faculdade de Economia da UAlg.

Da RAICE fazem parte o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, a Universidade do Algarve para a Terceira Idade e a Sociedade Recreativa Bordeirense. 

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: