ALGARVE

São Brás de Alportel: Prosseguem buscas pela idosa desaparecida há seis dias

Após seis dias de buscas intensas, as autoridades continuam com as ações de busca de Maria Idalina Viegas, de 93 anos, desaparecida na tarde de 18 de março no concelho de São Brás de Alportel, anunciou a Câmara local.

“Ao sexto dia de buscas, e apesar dos inúmeros esforços e todos os meios colocados no terreno, lamentamos informar que ainda não foi possível encontrar a nossa conterrânea Maria Adelina Viegas, de 93 anos, residente em Cova da Muda, que se encontra desaparecida desde a tarde da passada quinta-feira, 18 de março”, afirma o município, em comunicado.

As buscas foram retomadas na manhã desta quarta-feira, dia 24 de março, com recurso a diversos meios e ações e, pede a autarquia, “toda a ajuda continuará a ser bem-vinda”.

“Reforçamos o apelo a toda a comunidade para que faça chegar toda a informação, que possa ser relevante nesta operação de busca, à GNR, através do Tel. 289 840 800 ou aos Serviços Sociais do Município pelo tel 289 840 020 / solidariedade@cm-sbras.pt”.

O apelo dirige-se a quem tenha boa condição física para ajudar nas buscas no terreno, reforça a autarquia, que pede aos voluntários que se dirijam à Cova da Muda e contatem a GNR, no local ou através do tel. 289 840 800 para obter orientações.

A operação, coordenada pelo Destacamento Territorial de Faro da GNR, contou esta terça-feira, 23 de março, com um dispositivo de 15 efetivos da GNR – elementos do Grupo de Intervenção Cinotécnica da Unidade de Intervenção de Lisboa; da Unidade de Emergência, Proteção e Socorro e do Destacamento Territorial de Faro – apoiados por 6 viaturas e por diversos elementos dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel e do Serviço Municipal de Proteção Civil.

“Em nome da comunidade, o Município de São Brás de Alportel reforça o agradecimento por todo o esforço continuado dos militares das diversas equipas da GNR, elementos dos Bombeiros Voluntários; trabalhadores do município e todos os voluntários da comunidade.

À família da nossa conterrânea, reiteramos todo o apoio nesta missão e deixamos o nosso abraço fraterno, com esperança e solidariedade!”, conclui o documento.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste