Secretário de Estado defende medidas de gestão mais modernas e investimentos coletivos

O secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, defendeu que as autarquias devem recorrer a medidas de gestão mais modernas e realizar investimentos coletivos para superarem as dificuldades financeiras que atravessam.

“Há autarquias que têm grandes dificuldades e isso impõe medidas de gestão mais modernas e que tornem sustentável o que pretendemos fazer, ou seja, passou o tempo de fazermos coisas isoladamente”, afirmou José Junqueiro, sublinhando que é preciso caminhar para investir em “equipamentos comuns”.

O secretário de Estado frisou que hoje é preciso ter garantias de que os cerca de três milhões de euros previstos no Orçamento do Estado para as autarquias sejam bem aplicados.

“A ideia de associativismo, a ideia de um território supramunicipal, de termos menos eleitos locais em executivos e termos uma capacidade de gerir melhor os territórios são garantias em que temos de aplicar bem estes quase 3 mil milhões de euros”, sustentou.

José Junqueiro falava à agência Lusa à margem de um debate realizado na terça feira à noite, em Cascais, subordinado ao tema “Desafios autárquicos de 2013: contributos para a ação política”, organizado pelo Clube de Reflexão Política “A Linha”, grupo criado com o objetivo de fazer o cruzamento entre o pensamento e a política em união com todos os cidadãos.

Durante a sessão, o secretário de Estado falou às dezenas de participantes sobre a sustentabilidade do poder autárquico, sobre as suas competências e financiamento e sobre o setor empresarial local.

“É preciso estudar um conjunto de estratégias para que haja um poder autárquico sustentável financeiramente, com boas práticas sociais e que partilhe as políticas da administração central, numa perspetiva de proximidade”, frisou.

O responsável defendeu que o futuro das autarquias passa por uma “reorganização espacial de todo o território de forma mais inteligente”.

AL/JA

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste