CULTURA ÚLTIMAS

Segunda edição do “365 Algarve” despede-se com teatro, artes visuais, cinema e música

Faro Desvendado

.

O programa cultural “365 Algarve” despede-se da sua segunda edição com quatro propostas irrecusáveis nas áreas do teatro, artes visuais, cinema e música. Faro, Vila Real de Santo António, Monchique e Aljezur são os concelhos que encerram o roteiro deste programa cultural que até 10 de junho ainda quer levar algarvios e turistas para a rua.

Esta quarta-feira, às 18h30, o “Faro Desvendado” faz a sua última viagem às origens e à diversidade cultural que esteve na base da formação da cidade do Faro e do Algarve. Este espetáculo visita o centro histórico da cidade de Faro, com início na escadaria da Sé de Faro.

No último cine-concerto desta edição, também esta quarta-feira, às 21h30, o Video Lucem sai das igrejas ao encontro do majestático farol de Vila Real de Santo António com a inconfundível música dos Dead Combo a acompanhar a projeção do filme de Maurice Mariaud, “Os Faroleiros” (Portugal, 1922). A abertura da sessão ficará a cargo das Moçoilas.

Em estreia absoluta, Clowns apresenta-se na Antiga Serração, em Monchique, na quinta e na sexta-feira, às 21h00, e na sede do Rancho Folclórico do Rogil, em Aljezur, no sábado e no domingo, às 21h00. Este é um espetáculo de três artistas que vivem no território do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, de nacionalidades e abordagens distintas à linguagem do clown, que se encontram com Giacomo Scalisi para refletir em conjunto sobre a dicotomia de identidades entre o homem e o palhaço. O resultado talvez resulte cómico, tragicómico ou, pelo menos, imprevisível.

Até ao dia 10 de junho ainda será possível visitar no Museu Municipal de Faro a exposição de escultura “A Primeira Pedra”, de Pedro Valdez Cardoso, com esculturas concebidas para o espaço da capela do Convento de Nossa Senhora da Assunção, atual Museu Municipal de Faro. Pedro Valdez Cardoso associa objetos simbólicos, reciclando-os e construindo peças que condensam os tempos e as culturas como que sugerindo um novo começo.

Espetáculos com casa cheia

Na passada semana, os espetáculos em agenda no «365 Algarve» tiveram todas as sessões esgotadas. Os espetáculos de jazz do Algarve Jazz Gourmet Moments Festival, o concerto-oratória Credo, em Aljezur, o teatro culinário Cantina, em Monchique, pela mão do Lavrar o Mar, e a feira Terra de Maio & Algharb.Come, em Castro Marim, são exemplos de casa cheia para momentos inesquecíveis.

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: