DESPORTO FUTEBOL

Sérgio Vieira: Erros tiraram pontos ao Farense

Sérgio Vieira Farense
Sérgio Vieira

O treinador do Farense disse hoje, véspera da receção ao Paços de Ferreira, que erros próprios e outros que a equipa não controla causaram a perda de seis a oito pontos desde o início da I Liga de futebol.

“Sabemos que as nossas exibições não espelham em nada a posição em que estamos. Podíamos ter perfeitamente mais seis, sete ou oito pontos, se somarmos os pontos que perdemos por pequenos erros ou erros que não controlamos”, afirmou Sérgio Vieira, na antevisão à partida da 11.ª jornada da competição.

A referência indireta do treinador à arbitragem surge uma semana depois de os algarvios se terem queixado da grande penalidade (falta de Rafael Defendi, expulso por acumulação de amarelos, sobre Feddal) que esteve na origem da derrota com o Sporting (1-0), levando o presidente, João Rodrigues, a escrever uma carta aberta em que considera a equipa “fortemente” prejudicada na I Liga.

O técnico do Farense, 17.º e penúltimo classificado, com oito pontos, garantiu que o foco da equipa “não é a posição na tabela”, mas sim o trabalho diário, embora ressalve que esse fator mexa com as emoções dos adeptos.

“Os resultados têm de ser positivos para subirmos na tabela. O nosso foco é só no fim do campeonato olharmos para onde estamos, mas sabemos que os nossos adeptos olham para a tabela e isso mexe sempre com as pessoas que amam o clube e com o seu estado emocional”, adiantou, sem esquecer que há muitas equipas com “distanciamento curto” a nível pontual na metade inferior da tabela e que os algarvios estão, “por exemplo”, a três pontos do oitavo lugar.

Assim, dar uma alegria aos adeptos na época festiva é o objetivo do Farense para a receção de domingo ao Paços de Ferreira.

“Aquilo que os farenses podem esperar deste jogo é que vamos interpretá-lo como o jogo mais importante das nossas vidas. Importante pelos três pontos, por ser em nossa casa e por podermos deixar os adeptos felizes e alegres numa época festiva com características diferentes” devido à pandemia, referiu Sérgio Vieira.

O treinador dos algarvios prometeu uma equipa “rigorosa, competitiva, organizada e solidária” a defender e “criativa e audaz” a atacar, para que no conjunto de todos os processos seja “muito mais eficaz” do que o adversário.

O técnico do Farense elogiou o Paços de Ferreira, cujo sexto lugar, frisou, “espelha o mérito” do que fizeram até agora, e o seu treinador Pepa, que “montou um bom plantel e dinamiza muito bem os seus processos”.

O Farense, 17.º classificado, com oito pontos, recebe o Paços de Ferreira, sexto, com 15, no domingo, às 17:30, no Estádio de São Luís, em Faro, em jogo que será arbitrado por Luís Godinho (Évora).

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste