ALGARVE ÚLTIMAS

Serra de Monchique continua a arder pela noite dentro

O incêndio que deflagrou ao início desta tarde na serra de Monchique era bem visível da cidade de Lagos

Um novo incêndio deflagrou esta sexta-feira, às 13h32, numa zona de mato conhecida como Pedra da Negra, na serra de Monchique. Às 22h00, o fogo ainda avançava em duas frentes na serra algarvia, numa zona de matos e eucaliptos.

As chamas já chegaram a ser combatidas por mais de 436 bombeiros, 134 viaturas e 10 meios aéreos.

O combate ao incêndio está a ser dificultado devido ao vento forte que se faz sentir no local, mas também à dificuldade dos acessos.

De acordo com Abel Gomes, porta-voz da proteção civil, apenas foi evacuado o lugar das Taipas, por prevenção, uma vez que as chamas estavam a avançar da direção desta localidade. Pelo menos uma casa de habitação foi destruída pelas chamas.

Mas não há notícia de que o fogo tenha causado vítimas.

Há apenas registo de nove feridos ligeiros, oito bombeiros e um operacional da agência florestal Afocelca, devido a situações de “exaustão e insolação” relacionadas com “o esforço e as elevadas temperaturas que se fazem sentir”, informou Abel Gomes, numa conferência de imprensa ao final do dia.

“Vai ser uma noite muito difícil e de muito trabalho”, afirmou o porta-voz da protecção civil.

Este é o segundo incêndio na serra de Monchique no espaço de menos de 24 horas, depois de ontem, às 16h47, ter deflagrado um incêndio numa zona rural conhecida como Portela das Eiras, que chegou a ser combatido por 113 operacionais, 37 veículos e seis meios aéreos. Este fogo foi dado como dominado duas horas depois.

Recorde-se que, esta semana, Monchique, e quase todo o país, está em risco extremo de incêndio, devido também à onda de calor que atinge Portugal.

 

NC|JA

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: