Sete crianças caem na rampa do palco da doca, três no hospital mas sem gravidade

Sete crianças da Companhia de Dança do Algarve caíram hoje de uma rampa com um metro de altura localizada na Doca de Faro e três delas tiveram que ser hospitalizadas, embora não inspirem cuidados.

Segundo o presidente da Câmara de Faro, Macário Correia, a ocorrência registou-se cerca das 20:30, altura em que um grupo de crianças estava aos “saltos na rampa lateral que dá acesso ao palco na Baixa de Faro, junto à Doca, quando uma das tábuas cedeu e fez cair sete crianças de uma altura de cerca de um metro.

Três das sete crianças foram levadas para o Hospital Central de Faro, mas as restantes não precisaram de assistência médica, acrescentou o autarca.

Fonte hospitalar confirmou a entrada de três meninas no Hospital que estão a ser observadas no Serviço de Pediatria pela especialidade de Ortopedia.

“Tudo indica que sofram de pequenos traumas nos membros, mas não parecem situações de risco”, acrescentou.

O diretor da Companhia de Dança do Algarve, Evgueni Beliaev, explicou, em declarações à Lusa, que as crianças estavam a participar num workshop de dança quando ocorreu o acidente.

Advertisements

5Comentários

  • assim é que é eles tem de aprender!!!
    que grande Joana
    BEATRIZ CARRASQUERIO

  • BEATRIZ CARRASQUEIRO
    que raio de entrevista é esta deviao dizer coisas verdadeiras e nao culpar as crianças senao levam dois murros de quem caiu ouviram?

    ALUNA DA CDA

  • Nós estávamos a prepararmo-nos para treinar o agradecimento final quando o acidente ocorreu. Não foram apenas sete pessoas que caíram, pois estavam cerca de 25 pessoas em cima da entrada do palco incluindo muitas crianças e duas professoras mas, apesar disso o espectáculo ocorreu mas sem muitas das danças que estavam previstas. Muitas crianças não dançaram o que duramente treinaram durante tanto tempo. Ninguém estava ao saltos, porque a disciplina é muito rigorosa nestas ocasiões. A madeira do piso, degradada pela exposição aos elementos após anos de espectáculos não resistiu. Poderia ter sido uma tragédia, mas servirá para assegurar a nossa segurança no futuro.
    Gostávamos de ter melhores condições, porque trabalhamos muito e não merecíamos isto após tanto esforço.

    Aluna da CDA.

  • Não foram 7 crianças que cairam do palco lateral, mas talvez umas 30 ou mais!!!! Apenas 7 sofreram lesões, as restantes psicologicamente arrasadas e com arranhões e hematomas!! Estavam no Ensaio Geral para a festa final do Workshop de Dança, e de certeza que não estavam aos pulos pois o Prof. Evgueni Beliaev não permite turbulência em altura de ensaios (como todos os pais sabem!!).

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste