Silves: Homem de 73 anos confessa homicídio de vizinho de 81

Os factos remontam a dezembro de 2016 e ocorreram na zona de São Bartolomeu de Messines, onde o arguido e a vítima residiam

O Ministério Público (MP) ordenou a detenção de um homem de nacionalidade belga, de 73 anos de idade, por indícios da prática de um crime de homicídio.

O arguido estava a ser ouvido como testemunha na secção de Silves do DIAP de Faro quando admitiu ter matado o vizinho, de 81 anos de idade, com uma arma de fogo. Os factos remontam a dezembro de 2016 e ocorreram na zona de São Bartolomeu de Messines, onde o arguido e a vítima residiam.

Segundo a acusação do MP, “há suspeitas de o arguido, por conflitos de vizinhança, ter disparado contra a vítima diversos tiros com uma sua carabina que a atingiram e a mataram”. “Depois, terá voltado para sua casa e queimado as roupas que vestia. Suspeita-se que no dia seguinte o arguido foi a casa da vítima e desarrumou-a de forma a simular um assalto”, lê-se na acusação.

O suspeito de homicídio foi apresentado em Silves a primeiro interrogatório judicial na passada sexta-feira, tendo sido aplicada ao arguido a medida de coação de prisão preventiva.

NC|JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste