ALGARVE ÚLTIMAS

Silves possui maior conjunto de estuques islâmicos em Portugal

.
[mobileonly] [/mobileonly]
.

Terminou na semana passada mais uma intervenção arqueológica no castelo de Silves, na área onde está localizado o denominado Palácio das Varandas, uma estrutura do século XI.

“Esta intervenção teve como objetivo retirar os estuques decorados existentes no local, tendo em vista a sua restauração e reconstituição gráfica para posterior estudo e musealização”, acentuam os técnicos responsáveis por estes trabalhos, que estiveram a cargo da Universidade Nova de Lisboa, em colaboração com o município de Silves.

Os trabalhos arqueológicos são da responsabilidade da professora Rosa Varela Gomes e do arquiteto Mário Varela Gomes, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa (UNL). A equipa contou com a presença de vários alunos.

A autarquia recorda que tudo começou depois de o projeto de musealização do castelo de Silves, no âmbito do programa Polis, ter colocado à vista, no setor sudeste e sob palácio almóada existente a nascente, fragmentos de estuques correspondentes a setores de arcarias, decoradas através de incisões e de pintura, assim como porções de paredes ornamentadas, que estavam sobre pavimento do século XI. “Aliás, Silves é possuidora do maior conjunto de estuques decorados islâmicos existente em Portugal”, frisam os técnicos, explicando que “esse trabalho de exumação da totalidade destes testemunhos, que evitará o seu desaparecimento devido à sujeição às diversas condições climatéricas, tem vindo a ser executado ao longo dos últimos anos e tem permitido a recuperação de importantes peças”.

É de referir que o palácio das Varandas de Silves, famoso no Ocidente Peninsular, foi mencionado na eloquente poesia “Evocação de Silves”, de Al-Mu’tamid, o rei poeta, onde o mesmo recorda, com saudade, os tempos de juventude passados neste palácio.

JA

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: