ALGARVE

Silves: Prisão preventiva para homem que disparou contra a mulher

[mobileonly] [/mobileonly]

 O Tribunal de Silves decretou hoje prisão preventiva a um homem suspeito de violência doméstica e tentativa de homicídio por alegadamente ter disparado contra a mulher, no cerro de São Miguel, em Silves, foi hoje anunciado.

O detido, com 58 anos, ficou sujeito à medida de coação mais gravosa prevista na lei depois ter sido ouvido em primeiro interrogatório judicial por um juiz de instrução criminal, adiantou a GNR em comunicado.

O homem tinha sido detido, no domingo, após a GNR ter sido informada, através do número telefónico de emergência 112, de um caso de “violência doméstica envolvendo tentativa de homicídio, com recurso a arma de fogo”, justificou o comando territorial de Faro da força de segurança.

Quando a patrulha policial chegou à área indicada, a vítima, de 49 anos, estava “sentada na entrada da sua residência, com o suspeito a tentar estancar-lhe uma hemorragia no braço direito”, relatou a GNR, frisando que a Polícia Judiciária (PJ) também foi chamada ao local.

A equipa policial averiguou que as duas partes tinham estado envolvidas numa discussão e, na sequência do desentendimento, o suspeito atingiu a vítima a tiro com “uma caçadeira de canos cerrados”, provocando-lhe ferimentos no braço direito e na barriga, precisou a GNR.

A mesma fonte esclareceu que esteve também no local uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para fazer o socorro à vítima.

A mulher foi depois transportada para o hospital de Portimão, um dos três que integram o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), com os de Faro e Lagos.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste