Sousa Cintra publica esclarecimento no JA para defender contratos de petróleo

.
.

A Portfuel do empresário Sousa Cintra, que ganhou duas concessões para procurar petróleo e gás no Algarve, nas áreas designadas de Aljezur e Tavira, publicou na edição desta quinta-feira do JA um esclarecimento sobre os contratos de pesquisa de petróleo e gás na região.

O processo tem sido contestado e pode vir a ser chumbado pelo Governo. Em sua defesa, Sousa Cintra diz que “é crucial clarificar que a Portfuel é uma das 15 concessões atualmente existentes em Portugal, que realiza prospeção e pesquisa de petróleo e gás”.

“A Portfuel está a contribuir para o mapeamento geológico do território português, efetuando apenas a pesquisa e prospeção, não estando autorizada a fazer quaisquer trabalhos de exploração ou produção sem a autorização prévia da ENMC”, lê-se no esclarecimento publicado na edição em papel do JA.

O contrato para estas concessões foi fechado em setembro de 2015 pelo Governo de Passos Coelho. Desde o início que o processo tem motivado contestação, com autarcas, populações, empresários e ambientalistas a mostrarem-se contra estes projectos.

A Portfuel veio agora a terreiro defender-se: “No que concerne aos requisitos legais, a Portfuel preenche todas as condições exigidas”.

(Ler esclarecimento da Portfuel na íntegra na última edição do JA – dia 19 de maio)

Nuno Couto | Jornal do Algarve

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste