Tavira: Feira da Dieta Mediterrânica regressa ao centro histórico

.

Entre os próximos dias 6 e 9 de setembro, terá lugar a VI Feira da Dieta Mediterrânica, no centro histórico de Tavira, ao longo das margens do rio Gilão e colina do alto de Santa Maria. A abertura oficial decorre no dia 6 de setembro, pelas 18h00, na Praça da República.

Esta edição, inserida no Plano de Salvaguarda aprovado pela UNESCO, tal como as anteriores, resulta da inscrição da dieta mediterrânica na lista do património cultural imaterial da humanidade, a 4 de dezembro de 2013, em Baku, com a inclusão de Portugal e da sua comunidade representativa Tavira.

“Esta feira cumpre objetivos de transmissão dos valores ancestrais da dieta mediterrânica, legado das civilizações que originaram a nossa identidade, língua e cultura. Estimula relações humanizadas de cooperação, confraternização entre gerações, partilha de objetivos e recursos comuns”, salienta a organização.

O programa de 2018 conta com a presença de outros países, de instituições nacionais e regionais, mercado de produtores, mostras botânicas, praça da convivialidade e restauração, provas gastronómicas e petiscos, música e outras artes performativas, poesia, exposições, projeções, visitas ao património e às coleções de fruteiras e muitas outras novidades.

O mercado da Ribeira e o mercado municipal contarão ainda com demonstrações, oficinas e exposições culinárias.

Na Praça da República atuarão António Zambujo (quinta-feira, dia 6), o andaluz Diego El Cigala, figura destacada do flamenco (sexta-feira, dia 7), a fadista Carminho (sábado, dia 8) e para o fim de festa um concerto a pensar nos mais jovens, com Agir (domingo, dia 9).

O palco do Castelo receberá os italianos Mascarimiri, os gregos Ria Ellinidou & Band “Colours of Greece”, a andaluza Rocío Marquez e os marroquinos AYWA.

A Igreja da Misericórdia será palco dos concertos do quarteto Ensemble Med e da jovem pianista andaluza Penélope Carrasco.

Na Igreja das Ondas haverá uma viagem pela poesia mediterrânica com Carlos Mota de Oliveira acompanhado por António Candeias, ainda o Duo Mediterraneus e os Suono Cantabile com voz e alaúde.

Destaca-se, também, a participação de vários grupos etnográficos portugueses.

CCDR e Europe Direct celebram Ano Europeu do Património Cultural na VI Feira da Dieta Mediterrânica

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve), o Programa Operacional Regional do Algarve CRESC ALGARVE 2020 e o Centro de Informação Europe Direct participam na 6ª edição da Feira da Dieta Mediterrânica, de 6 a 9 de setembro, em Tavira, celebrando em conjunto o Ano Europeu do Património Cultural.

Entidade responsável pela dinamização da Comissão Regional da Dieta Mediterrânica, a CCDR Algarve e demais entidades contam com o apoio financeiro do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020 na dinamização do Plano de Salvaguarda da Dieta Mediterrânica como Património Cultural Imaterial da Humanidade, envolvendo-se direta e indiretamente na preservação deste património regional indispensável, quer na promoção de projetos de valorização de produtos regionais (artesanato, festividades, gastronomia, tradições, etc.), quer através da prossecução das suas atribuições e competências em matéria de coordenação regional de políticas públicas nos domínios do ambiente, desenvolvimento regional e ordenamento do território e de aplicação dos fundos da União Europeia, no âmbito da estratégia Portugal 2020 – acordo de parceria estabelecido entre Portugal e a Comissão Europeia.

No contexto da promoção e valorização do Património Cultural do Algarve, o CRESC ALGARVE 2020 aprovou até esta data 24 candidaturas de 17 entidades diferentes, sendo 10 projetos de património cultural e 14 de promoção turística e realização de eventos culturais, com um investimento elegível total de €11.045.323,29, com uma comparticipação de €5.859.795,86, provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

No Ano Europeu do Património Cultural, a CCDR Algarve e os seus parceiros propõem aos participantes e visitantes duas tertúlias-passeio sobre atividades marcantes da Paisagem Mediterrânica – “O FIGO – Alimento Cultural do Algarve”, no CEAT – Centro de Experimentação Agrária de Tavira, em parceria com a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, e “Paisagens do Sal”, nas Salinas da empresa TAVIRASAL de Rui Francisco Neves Dias, nos dias 7 e 8 de setembro (sexta-feira e sábado, pelas 9 horas, respetivamente), evocando a estreita ligação entre os campos do barrocal e as zonas ribeirinhas e a sua importância na afirmação internacional do Algarve, em termos económicos e sociais.

Centro de Informação Europe Direct Algarve presente em Tavira

Aulas sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, em jeito de conversa, dinamizadas por “professores” convidados, é uma das propostas do centro de informação Europe Direct Algarve. Todos os dias, às 19 horas, A Maior Lição do Mundo, em parceria com várias entidades da região, públicas e privadas, dá a conhecer os projetos que no Algarve ajudam a cumprir estes objetivos para “transformar o mundo sem deixar ninguém para trás”. As sessões acontecem sempre junto do respetivo stand, na Feira Institucional, na rua José Pires Padinha.

No primeiro dia da Feira, a maior lição do mundo é dinamizada pelo Voluntariado Ambiental para a Água, em parceria com a Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Na sexta-feira, 7 de setembro, a maior lição do mundo dá a conhecer o programa Mentores para Migrantes, em parceria com o Centro de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) da Alto Comissariado para as Migrações (ACM).

No sábado, dia 8 de setembro, a maior lição do mundo mostra os projetos HeforShe, da Universidade do Algarve, e PatherWays, uma parceria com a Cooperativa ECOS.

Nesse dia, as famílias de Tavira e visitantes da Feira, são convidados a participar na iniciativa Photo de Família, desenvolvida em parceria com a associação A | NAFA, estando agendado o encontro na sede da Associação, pelas 10 horas. Para esta iniciativa, os participantes deverão trazer a sua máquina fotográfica e/ou telemóvel, estando todos desafiados a descobrir imagens interessantes da cidade enquadráveis nas temáticas do Ano Europeu do Património Cultural.

Concluindo este conjunto de iniciativas, o evento «Europa nas estórias: uma viagem pelo mediterrâneo», ocorre no dia 9, domingo, pelas 16 horas no Largo de Brincar, em frente ao Palácio da Galeria e em pleno casco histórico de Tavira, com leitura e encenação de lendas sobre as terras e gentes do Mediterrâneo.

Ao longo dos quatro dias da Feira da Dieta Mediterrânica, o centro Europe Direct e a Refood Algarve apresentam uma exposição na Casa André Pilarte sobre este projeto, a qual culminará com uma ação informativa dedicada aos empresários locais dos setores da restauração e hotelaria, a ter lugar no dia 13 de setembro (quinta-feira, 16 horas), no edifício dos Paços do Concelho.

O projeto Refood é um movimento de cidadãos voluntários que organizados em equipas trabalham em diferentes turnos e procedem à recolha de alimentos excedentários junto de parceiros que aderiram ao projeto (fontes de alimentos). Os alimentos recolhidos são depois reembalados em caixas para serem distribuídos a quem mais necessita deles (beneficiários), sendo a entrega desses alimentos embalados efetuada num Centro de Operações. Espera-se com esta ação mobilizar em Tavira voluntários para criação de um núcleo local.

JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste