ALGARVE

Suspeito de furtar 230 mil euros a idoso em Tavira tinha 14 armas

.

A GNR de Tavira deteve um homem de 45 anos indiciado por um crime de furto qualificado em Tavira. A ação teve origem numa denuncia apresentada por um idoso, ao qual lhe foram furtados mais de 230 mil euros.

A investigação esteve a cargo da secção de Tavira do DIAP de Faro e a operação policial decorreu nos concelhos de Tavira e de Olhão. Foram realizadas 13 buscas, das quais quatro domiciliária, uma a um estabelecimento comercial e oito em veículos.

Durante as diligências foram apreendidas 14 armas, nomeadamente, cinco caçadeiras, uma carabina, três armas de ar comprimido, uma pistola de alarme, um aerossol de defesa, bastão e das armas brancas.

Foram ainda apreendidos seis automóveis, um LCD, dois computadores portáteis, dois tablet, quatro telemóveis e diversas moedas de coleção.

A ação contou com o apoio do Núcleo de Investigação Criminal de Faro, do Destacamento de Intervenção de Faro, ambos da GNR, e da Polícia de Segurança Pública.

Tamanho da Fonte
Contraste