Telecomunicações em Portugal sobem mais do que na UE

.
.

Há cinco anos que o preço das telecomunicações estão a subir mais em Portugal do que na União Europeia, de acordo com o último relatório de evolução de preços dos serviços de voz, internet e televisão publicado pela Anacom, conta o “Público” esta segunda-feira. Ainda assim, as operadoras contestam estes números.

Comparando os valores do mês de março deste ano e com os de 2015, verifica-se um aumento de 2,78%. Isto, segundo o “Público”, significa que as telecomunicações registaram o sexto maior agravamento de preços da economia portuguesa.

Tendo em conta a variação média anual do preço das telecomunicações, este aumento sobressai como “o quinto mais elevado entre os 43 produtos/serviços considerados” pelo Instituto Nacional de Estatística na análise de preços. “Desde março de 2011 que os preços das telecomunicações crescem mais em Portugal que na UE”, diz a Anacom, deixando ainda a ressalva de que a análise não inclui países como a Irlanda, o Reino Unido, a Suécia e a Dinamarca por falta de dados.

Segundo a Apritel, associação que representa as empresas de telecomunicações, estas comparações com a Europa deveriam ser “devidamente contextualizadas”. O organismo diz ao “Público” que, nos últimos anos, as empresas portuguesas registaram uma “queda sucessiva de receitas”, mesmo que o consumo de serviços tenha subido e a sua respetiva penetração no mercado. Por outro lado, também aumentaram em muito os serviços disponibilizados, sendo que estes não representaram um aumento de custo proporcional.

Fábio Monteiro (Rede Expresso)

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste