ENTREVISTA MODALIDADES ÚLTIMAS

Tiago Monteiro em entrevista antes do arranque do WTCC em Portimão

.

A jornada portuguesa do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC) aproxima-se a passos largos. o Autódromo Internacional do Algarve recebe pela segunda vez, a 2 e 3 de Junho, um dos mais emblemáticos Campeonatos do Mundo. Em pista vai estar Tiago Monteiro que venceu em 2010 esta prova num evento memorável e que se espera volte a repetir este ano. Antes de entrar em pista, Tiago respondeu a algumas questões.

Que balanço faz da primeira metade do Campeonato?
O início do Campeonato foi bastante duro. Ao contrário da maioria dos meus adversários não tive no meu SEAT o motor de 2012 o que significa que o meu carro é menos competitivo que os outros. Obrigou-nos a um trabalho redobrado para anularmos a diferença para os da frente. As primeiras corridas foram difíceis, mas fomos trabalhando afincadamente na evolução do motor e nas três últimas corridas esse trabalho deu os seus frutos e já conseguimos intrometermo-nos no grupo da frente. Foi um passo em frente que me deixou a mim e à equipa bastante satisfeitos.

O que espera da ronda da Portimão?
Tenho de ser realista. Por mais que gostasse de voltar a vencer tal como aconteceu em 2010, tenho de admitir que este ano estamos numa posição muito diferente. Dificilmente chegaremos à vitória, mas podemos dar luta. É nesse aspecto que estou focado. Quero dar um bom espectáculo para o público e conseguir o melhor resultado possível. Uma coisa é certa, não vou baixar os braços.

Correr em ‘casa’ trás uma maior pressão?
A pressão é idêntica em todas as corridas. Ninguém entra em pista para perder. Todos querem estar o mais na frente possível. E eu não sou diferente. O trabalho a fazer em Portimão ou num outro circuito qualquer é igual. A vantagem de correr em casa é ter perto de mim, a família, os amigos e os fãs. Sentimos um maior apoio e claro que não queremos defraudar as expectativas de ninguém.

O que espera conseguir em termos de resultados no Campeonato?
Este ano não penso nas contas do Campeonato porque não estou na luta. Estou focado nos bons resultados corrida a corrida. Esse é o meu objectivo principal. Quero, até ao final da época, subir ao pódio.

Quem acha que está em condições de vencer a temporada?
Num Campeonato como o WTCC é difícil fazer previsões porque o que hoje é certo amanhã não é. Tudo pode mudar repentinamente. Mas na minha opinião pessoal acho que será o Yvan Muller a sagrar-se pela terceira vez consecutiva campeão. O Yvan é um piloto muito rápido e experiente e não é ao acaso que está na frente da tabela.

O que acha do Autódromo do Algarve?
É uma pista com uma configuração única, um traçado técnico e exigente. Gosto particularmente. É muito desafiante e proporciona corridas espectaculares.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste