Trabalhadores queixam-se das condições da Conservatória do Registo Civil de Lagos

Os trabalhadores da Conservatória do Registo Civil de Lagos vão organizar uma vigília de protesto, na próxima segunda-feira, dia 28 de janeiro, para manifestarem-se contra a falta de condições daquele local.

A vigília vai decorrer entre as 8h00 e as 9h00, à porta da Conservatória do Registo Civil de Lagos, e pretende “denunciar as decisões do conselho diretivo do Instituto dos Registos e do Notariado, em conivência com o Ministério da Justiça, relativamente às péssimas condições de trabalho destes trabalhadores”.

Os funcionários queixam-se da falta de trabalhadores, da falta de privacidade no atendimento dos utentes, do equipamento “totalmente obsoleto”, com PC’s e impressoras com “mais de 15 anos” e da “má gestão do dinheiro público, atendendo à falta de condições do imóvel onde está instalada a Conservatória e ao valor exorbitante do arrendamento”.

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste