Tragédia com casal cubano na Costa Esuri

Agentes da polícia Judicial e da Guarda Civil espanhola estão a investigar a morte em circnustâncias estranhas de um casal de origem cubana no núcleo residencial de Costa Esuri, a Norte de Ayamonte, informou o jornal Huelva Hoy.

Erasmo Lazcano e a mulher, Lisbete Lastre estavam separados. Ele foi a casa da mulher, esta manhã, por volta da 7:30. Os vizinhos ouviram gritos. Terão lutado os dois. Ele deu-lhe um golpe e depois suicidou-se com um tiro.

Horas antes, apurou o Jornal do Algarve, colocou uma mensagem no seu próprio Facebook onde se lia: “Se tu cais, caio contigo e nos levantamos juntos, entendes? Porque de isso se trata, meu amor, ajudar-te e ajudares-me a seguir em frente”.

Erasmo Lazcano era um ex-funcionário em Cuba, tinha 53 anos de idade e era colaborador do Jornal do Algarve, sendo também autor em jornais da dissidência cubana em Miami, nos Estados Unidos da América. Ela, por sua vez, geria uma loja florista frente ao cinema Gardénio na localidade de Ayamonte.

De acordo com declarações do 112 da Andaluzia, cerca das 7:30, hora portuguesa, foi recebida uma chamada na qual se alertava para gritos e pedidos de socorro numa vivenda da rua José Esponceda. Porém já nada pode ser feito pela vida de ambos.

Há anos que viviam na zona com toda a normalidade sem que tivesse sido feita alguma queixa de violência de género nem outro tipo de problemas que tivessem chegado ao conhecimento do vereador em funções José Maria Mayo.

pub

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste