FUTEBOL

Treinador do Portimonense focado no jogo com o Paços de Ferreira e não com o Aves

[mobileonly] [/mobileonly]

 O treinador do Portimonense disse este sábado estar preocupado apenas com a visita na segunda-feira ao Paços de Ferreira, na 33.ª jornada da Liga de futebol, e não com uma eventual ausência do Desportivo das Aves na última ronda.

Na antevisão da partida com a formação pacense, agendada para segunda-feira, às 17:00, Paulo Sérgio reconheceu que a sua equipa vai ter “um jogo difícil, com uma equipa boa, muito bem orientada”, diante de um rival “bastante competitivo” e com “valor”, que faz antever “uma tarefa difícil”.

“Mas nós preparámo-nos para isso mesmo, é para isso que cá estamos, para ir a Paços e competir pelos pontos”, afirmou Paulo Sérgio aos jornalistas, considerando que a saída da equipa da zona de despromoção, após vencer o Boavista (2-1) na jornada transata, “não interfere nada” na concentração dos seus jogadores.

Paulo Sérgio afirmou que o Portimonense tem de “manter-se igual a si próprio” e “eventualmente procurar melhorar, porque nada está conseguido”.

“Faltam disputar seis pontos e sabemos que muita coisa pode acontecer, o final de época é complicado e acredito que vamos estar a disputar até à última jornada”, justificou, assegurando que o único foco da equipa algarvia “até final” do campeonato é “conseguir os suficientes para manter o Portimonense na Liga”.

Questionado sobre uma eventual falta de comparência do Desportivo das Aves, em Portimão, na 34.ª e última jornada da Liga, Paulo Sérgio respondeu não estar preocupado com isso.

“Nem quero saber disso. Na minha cabeça só está o jogo com o Paços de Ferreira, a seguir ao jogo com o Paços nós preocupar-nos-emos com aquilo que diz respeito ao Aves. Isso para mim são ‘fait divers’, para tentar distrair-nos provavelmente, mas nós estamos avisados, não andamos aqui a comer gelados com a testa, sabemos identificar de onde vêm esse tipo de manobras, porque não somos propriamente novatos naquilo que é o nosso trabalho”, considerou.

O treinador português pediu ainda às “pessoas que estejam tranquilas, porque o Aves vai jogar” a Portimão na última ronda da Liga.

“Não tenho a menor dúvida acerca disso, mas não quero saber disso para nada, apenas o Paços de Ferreira está na minha mente e na do meu grupo de trabalho”, completou, reiterando que o “objetivo é só um, manter o Portimonense na primeira Liga”.

O Portimonense saiu da zona de despromoção – onde tinha caído à 15.ª jornada – depois de vencer na 32.ª jornada o Boavista, no Algarve, mas ocupa a 16.ª posição, com 30 pontos, os mesmos que Vitória de Setúbal (17.º) – que está nas posições de descida de divisão com o já despromovido Desportivo das Aves (18.º) – e que o Tondela (15.º).

A 14.ª posição é ocupada pelo Belenenses, com 32 pontos, e na 13.ª surge o Paços de Ferreira, com 35, pelo que o jogo pode ser determinante para as contas da parte baixa da tabela e da despromoção ao segundo escalão.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: