Três pescadores auxiliados ao largo de Tavira e da Praia do Garrão

Três pescadores, que se encontravam em dificuldades, foram auxiliados pela Autoridade Marítima Nacional (AMN) esta terça-feira. Dois deles conseguiram nadar até terra, na Praia do Garrão (concelho de Loulé), depois da embarcação onde navegavam se ter afundado, e outro foi resgatado ao largo de Tavira, numa altura em que se encontrava desorientado devido ao nevoeiro.

“A Polícia Marítima de Faro foi informada pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro, pelas 10h20, de que uma embarcação se tinha afundado, encontrando-se dois homens a flutuar na zona de rebentação, junto à praia do Garrão poente”, explicou a Autoridade Marítima.

​Foi ativada a Estação Salva-vidas de Olhão, bem como os meios náuticos e terrestes da Polícia Marítima e da Capitania do Porto de Faro. “Pouco tempo depois foi recebida a informação de que os tripulantes já tinham nadado para terra, não sendo necessário empenhar os meios náuticos”, acrescentou a AMN.

Embarcação destruída na Praia do Garrão

Os tripulantes, dois homens de 32 e 35 anos, que se encontravam em faina de pesca, na captura de conquilha, foram surpreendidos por uma onda maior que virou e afundou a embarcação, tendo ambos ficado a flutuar, uma vez que envergavam os coletes de salvação aquando do acidente.

Os pescadores foram auxiliados pela Polícia Marítima de Faro e observados pela equipa de emergência médica, não sendo necessária assistência hospitalar.

A embarcação de cerca de sete metros, em virtude de se encontrar na zona de rebentação, partiu-se tornando inviável a sua recuperação.

No mesmo dia, mas pelas 21h45, a Autoridade Marítima resgatou um pescador lúdico que, devido ao denso nevoeiro e pouca visibilidade, perdeu a orientação no mar, ao largo de Tavira.

​”O alerta foi dado pelas 20h50, tendo o Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Tavira ativado, de imediato, uma embarcação semirrígida da Estação Salva-vidas e uma lancha da Polícia Marítima de Tavira”, explicou a AMN.

As buscas iniciaram-se pelas 21h30, a partir da Barra de Tavira, tendo a embarcação de recreio sido encontrada pelas 21h45, ao largo da praia do Barril.

A embarcação foi acompanhada até ao porto de Tavira, onde chegou pelas 23h00, em segurança.

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste