Três toneladas de haxixe apreendidas pela GNR no Guadiana

Um semi rígido com 85 fardos de haxixe, num total de cerca de 3 toneladas, foi apreendido esta madrugada, às 5,20h, no rio Guadiana, junto à Foz de Odeleite, pelo sub-destacamento de controle costeiro da GNR de Vila Real de Sano António.

Segundo o capitão Bruno Cordeiro, responsável máximo por todo o controle costeiro feito pela GNR, entre Vila Real de Santo António e Sagres, juntamente com a referida embarcação, que se encontra apreendida, juntamente com a carga, na Doca Pesca da cidade pombalina, foi detido um individuo de nacionalidade espanhola, com idade entre os 30 e os 40 anos, que a tripulava.

Contatada pelas autoridades
portugueses, a Guardia Civil acabaria por deter, no lado espanhol, um indivíduo
de nacionalidade marroquina, por se suspeitar que estaria ligado a esta
tentativa de tráfico de estupefacientes.

A embarcação, que está equipada com três motores de 300 cavalos cada e um depósito em alumínio, com capacidade para levar mais de uma tonelada de gasolina, pode atingir uma velocidade, mesmo com uma carga de 3 toneladas, de 69 nós, o equivalente, em estrada, a 120Km/hora, foi detetada por volta das 5 da madrugada a entrar na barra do Guadiana e perseguida pela patrulha da GNR, até ser intercetada, no meio do rio, frente à Foz de Odeleite.

O capitão Bruno Cordeiro,
sublinhou que esta operação decorreu no âmbito de uma vigilância permanente que
a GNR faz na nossa costa:

“Para além desta embarcação, nos últimos 2 anos foram apreendidas outras duas do mesmo tipo, o que corresponde aos principais objectivos da nossa missão” – disse, sublinhando que algumas vezes estas embarcações são também apreendidas sem qualquer carga, apenas porque pela sua natureza, são suspeitas.

A investigação passa agora para a esfera da PJ de Faro e a carga, depois do Ministério Público autorizar o seu levantamento, será levada para o depósito da PJ, em Lisboa.

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste