ALGARVE ÚLTIMAS

Tribunal de Contas recusa visto que permitiria requalificação da EN 125

.

O Tribunal de Contas recusou o visto para a revisão do contrato da subconcessão Algarve Litoral, que permitiria o início das obras de fundo e estruturais na EN 125 no Sotavento algarvio, revelou o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.

Aquele ministério explicou ainda que a Infaestruturas de Portugal, que tinha celebrado um primeiro contrato com a concessionária Rotas do Algarve Litoral em 2015, vai recorrer para o plenário do Tribunal de Contas.

O visto permitiria que a concessão entre Olhão e Vila Real de Santo António passasse para a Infraestruturas de Portugal, de forma a que esta empresa pública avançasse com as obras.

Advertisements
%d bloggers like this: