Taxas de ocupação em alta mesmo com Brexit à porta

Praia da Barrinha (Faro) Foto: Helio Ramos

Os primeiros meses do ano indicam que o Algarve está a conseguir afastar os cenários mais negativos e a disfarçar a quebra dos principais mercados externos. O Brexit já está a ter algum efeito negativo na região, mas, nas contas finais, o turismo está a ter, para já, um desempenho melhor do que em 2018. E as previsões até apontam para um novo aumento das receitas em 2019

O Brexit pode provocar impactos e mudanças na atividade turística no Algarve? A resposta é: muito provavelmente. Até porque são o principal mercado emissor de turistas para a região. No entanto, essas mudanças não vão fazer-se sentir a curto prazo.

Por enquanto, apesar da queda registada no mercado britânico e da incerteza que reina em relação ao acordo da saída do Reino Unido da União Europeia, o turismo algarvio continua a apresentar bons resultados…

Leia a notícia completa na edição em papel.

 

Nuno Couto/Jornal do Algarve

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste