Twitter de Hugo Chávez bate records

O presidente Hugo Chávez alcançou o primeiro lugar no Twitter na Venezuela. Com conta aberta há pouco mais de três semanas, ultrapassou os seus adversários políticos que até então dominavam a rede social e a usavam para se oporem ao governo.

O número de seguidores do presidente, “chavezcandanga”, subiu hoje para 612,532 mil , batendo os 306,712 mil seguidores de “tweets” da Globovision, o único canal de televisão que se mantém crítico em relação ao líder socialista.

Em recentes aparições televisivas, Chávez tem proclamado o crescimento meteórico da popularidade de seu Twitter e dado pouca importância às mensagens críticas e muitas vezes hostis que recebe.

“Alguns criticam-me, outros insultam-me. Eu não me importo”, disse. “É uma forma de comunicar com o mundo.”

O presidente entrou no Twitter no dia 27 de abril numa tentativa de identificar os adversários que o usavam para denunciar violações de direitos humanos, organizar protestos e – acima de tudo – ridicularizar Chávez.

Além disso, Chávez fez um apelo aos seus simpatizantes para que também entrassem no site, intitulando o Twitter de “arma que também precisa ser usada para a revolução”.

O presidente diz-se admirado com o número de mensagens que tem recebido, e anunciou a criação de uma equipa de 200 ajudantes para o auxiliarem com o contínuo fluxo de mensagens a solicitar ajuda.

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste