Twitter fecha acordo de proteção de dados com autoridades norte-americanas

O portal de microblogues Twitter concluiu um acordo com as autoridades de regulação norte-americanas, depois de as falhas de segurança terem permitido que piratas informáticos acedessem a dados pessoais no ano passado, informou hoje a empresa.

Nos termos do acordo com a Comissão Federal do Comércio (FTC, na sigla em inglês), o Twitter deve implementar um “programa completo de segurança informática” sob controlo independente, estando também proibido, por um período de 20 anos, de “enganar os consumidores sobre a proteção que dá à segurança e confidencialidade dos seus dados”.

“Sérias falhas têm permitido aos piratas [informáticos] obter o controlo de contas de administradores do Twitter” e “enviar falsos tweets [mensagens] alegadamente em nome do presidente norte-americano, Barack Obama, e da [estação televisiva] Fox News”, reiterou a FTC.

A Comissão diz ainda que é a 30.ª vez que determina sanções devia à má proteção de dados, sendo a primeira vez que o faz contra uma rede social.

NYD

Lusa/JA

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste