Um milhão de espanhóis exige a demissão de Rajoy

.
.

Em apenas uma semana, mais de um milhão de pessoas subscreveram petição para exigir a “demissão imediata” de Mariano Rajoy. Indignação contra primeiro-ministro de Espanha relacionada com ‘caso Bárcenas’.

Mais de um milhão de pessoas subscreveram até ao momento, no espaço de uma semana, uma petição para exigir a “demissão imediata” do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, cujo nome aparece envolvido num escândalo de alegados pagamentos secretos a dirigentes do Partido Popular (PP).

A petição, que conta com o apoio de tão expressivo número de subscritores, foi registada na plataforma Change.org pelo madrileno Pablo Gallego, no mesmo dia em que o jornal “El País” publicou uma notícia sobre a contabilidade manuscrita do ex-tesoureiro do PP, Luis Bárcenas, informação que deixou o jovem indignado.

É a primeira petição na Change. org a superar a barreira de um milhão de assinaturas. É também a de maior crescimento em tempo recorde na história dessa plataforma. Apenas 12 horas depois de iniciada, já registava 200 mil assinaturas, e em alguns momentos chegou a receber 500 subscrições por minuto.

Além de pedir o afastamento do primeiro-ministro, a petição apela à união das distintas forças políticas para que “se posicionem conjuntamente contra corrupção”, dentro e fora dos seus partidos, e que procurem reunir consensos para atacar, “de uma vez por todas, este problema”.

No passado domingo, já o líder dos socialistas espanhóis exigiu domingo a demissão do primeiro ministro Mariano Rajoy. Alfredo Perez Rubalcaba considera que o líder do PP está “incapacitado” para dirigir o país.

Maria Luiza Rolim (Rede Expresso)
Advertisements

Comentário

Carregue aqui para comentar

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste