ALGARVE ATUALIDADE ECONOMIA ÚLTIMAS

Valor das adjudicações cai 56% até final de agosto

O valor das adjudicações de concurso públicos na região algarvia caiu 56 por cento até ao final de agosto, em termos homólogos, segundo dados hoje divulgados pela Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços (AECOPS).

De acordo com a análise regional de conjuntura da AECOPS, “as diminuições homólogas verificadas, sobretudo em Lisboa (64 por cento) e Algarve (56por cento), em valor e em número dos concursos adjudicados, revelam bem a desaceleração da produção de obras públicas no país”.

Nos dados divulgados hoje, a AECOPS destaca também a queda de nove por cento no número de fogos licenciados até junho.

Já a promoção de obras novas a nível nacional “tem vindo a revelar um sensível dinamismo, com um aumento, em termos globais, de 55 por cento no montante total lançado a concurso ao longo dos primeiros oito meses do ano”, refere a associação.

A AECOPS cita os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) que indicam uma redução de 6,2 por cento, em volume, no investimento em construção e uma diminuição de 4,4 por cento no Valor Acrescentado Bruto (VAB) do setor, no primeiro semestre deste ano.

A associação refere que o Algarve tem sido a região mais afetada pela crise que o setor da construção atravessa, tendo o número de desempregados aumentado 40 por cento e o licenciamento de novos fogos habitacionais recuado, em termos homólogos, 30 por cento no primeiro semestre do ano.

Pelo contrário, diz a AECOPS, na região Centro “assiste-se a um aumento homólogo de 14,8 por cento no número de novos fogos licenciados para habitação, mas que, infelizmente, não tem paralelo nas outras regiões”.

É também no Centro onde se verificam os menores decréscimos no número e valor dos concursos adjudicados: 24,1 por cento e 31,1 por cento, respetivamente.

No Alentejo, por seu turno, verifica-se “um crescimento invulgar no que respeita ao valor das novas obras lançadas a concurso até finais de agosto (445 por cento em termos homólogos)”.

JA/AL

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste