DESPORTO

Volta a Portugal: Autarquia de VRSA homenageou Amaro Antunes

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António homenageou esta tarde Amaro Antunes, o vencedor da edição deste ano da Volta a Portugal em bicicleta, natural daquela localidade algarvia.

“É um sentimento de orgulho para mim”, começou por dizer o ciclista vilarrealense na cerimónia de homenagem que decorreu no Centro Cultural António Aleixo, salientando ainda a importância deste prémio para a região, uma vez que o Algarve já tem três vitórias na competição, conquistadas por João Rodrigues e Ricardo Mestre. 

“Trazer a camisola amarela, uma vez mais, para o Algarve é motivador e pôr o nome do concelho e de Vila Real de Santo António na Volta a Portugal é muito bom”, referiu Amaro Antunes.

O atleta algarvio disse também que esta vitória “não teria sido possível” sem os seus colegas que, “desde o primeiro dia foram incansáveis”.

“O trabalho que fizeram por mim foi, sem dúvida, notório. Foi uma vitória. Eu vesti a camisola amarela, mas a vitória não é minha, é de todos eles. Sem esta excelente equipa nada disto teria sido possível”, referiu.

Para a presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, a vitória de Amaro Antunes representa “um orgulho muito grande”, apesar de se manifestar “triste por ver as cadeiras vazias” do Centro Cultural António Aleixo.

“É um momento em que o espaço devia estar cheio para aplaudir a equipa em pé”, disse a autarca, referindo-se às novas regras sanitárias relativas à pandemia de covid-19 que foram implementadas e que impediram que esta homenagem tivesse sala cheia.

Conceição Cabrita revelou ainda que, na última sessão de Câmara e da Assembleia Municipal, foi manifestado o voto de louvor a Amaro Antunes.

Da equipa vencedora W52-FC Porto foram também homenageados os ciclistas algarvios João Rodrigues, Ricardo Mestre e Samuel Caldeira.

O ciclista Amaro Antunes venceu no domingo a Volta a Portugal, após o contrarrelógio de 17,7 quilómetros em Lisboa, ganho pelo espanhol Gustavo Veloso.

Na geral, Amaro Antunes venceu pela primeira vez a prova, com 42 segundos de avanço sobre Veloso, que subiu ao segundo lugar, e 52 sobre o português Frederico Figueiredo (Atum General-Tavira).

O vilarrealense foi o grande vencedor da prova deste ano, sucedendo ao companheiro de equipa João Rodrigues, natural do concelho de Tavira.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e o primeiro ministro, António Costa, felicitaram na segunda-feira o ciclista algarvio pela sua vitória.

* com Luís Dias

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: