ALGARVE

VRSA melhora eficiência dos sistemas de rega e reduz perdas de água

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António assinou um protocolo de colaboração com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para a “Monitorização e Controlo Ativo de Perdas” e “Adoção de Sistemas de Rega Urbana Inteligentes e Eficientes”, anunciou a autarquia.

Este programa está integrado na candidatura feita pelo município para a instalação de sistemas de rega inteligentes e eficientes em espaços verdes do concelho de Vila Real de Santo António, com uma comparticipação atribuída de 50 mil euros.

O protocolo, com validade de um ano, foi assinado pelo vice-presidente do Conselho Diretivo da APA, José Pimenta Machado da Silva e pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Luís Romão, numa cerimónia que decorreu no Grande Auditório da Universidade do Algarve.

Esta cerimónia estava inserida na sessão pública de apresentação do Plano Regional de Eficiência Hídrica (PREH) do Algarve e tem como objetivo principal “a monitorização e controlo ativo de perdas e a adoção de sistemas de rega urbana inteligentes e eficientes na região”, segundo o comunicado.

“O programa constitui um contributo importante, uma vez que permite o controlo remoto do sistema de abastecimento de água, a identificação precoce de fugas/anomalias bem como a programação e adequação nos meses de chuva”, referiu o vice-presidente vilarealense em comunicado.

Com este programa, o objetivo é “supervisionar as pressões no sistema de abastecimento e implementar uma estratégia de controlo ativo de perdas de água, recorrendo à setorização e monitorização da rede de distribuição e a inspeções regulares para a deteção e localização de roturas”.

O município irá obter assim uma poupança nos consumos de água e ganhos ambientais, além de ver reduzida a fatura de água relativamente à rega dos espaços verdes do concelho.

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: