VRSA: Neto Gomes e Rogério Domingos homenageados na Volta

Desde 2009 que a Volta ao Algarve não incluía VRSA no seu percurso e o entusiasmo da organização e dos visitantes era visível. Dezenas de camiões das equipas e do seu staff ficaram estacionados ao longo da Avenida da República, enquanto o palco de onde partiram os atletas ficou localizado em frente à marina da cidade. 

Nesse palco foram homenageados pela autarquia “duas figuras importantes do ciclismo regional e nacional”, cujas raízes foram plantadas em Vila Real de Santo António, segundo disse o presidente do município Álvaro Araújo. 

“Este é o regresso da Volta ao Algarve à nossa terra. Desde 2009 que Vila Real de Santo António não tinha a honra de receber este evento desportivo que é uma referência regional e nacional. Este é um momento marcante para a história da nossa cidade e para o ciclismo. Vila Real de Santo António possui um património incontornável para a história do ciclismo nacional. Esta modalidade foi e continuará a ser praticada por muitos vilarrealenses que muito têm dado ao ciclismo regional e nacional”, disse no seu discurso. 

Já o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, disse sentir uma “grande satisfação em iniciar uma etapa num concelho que tem muita história”, destacando o “casamento muito feliz” entre a organização e o município. 

Homens da terra homenageados 

Neto Gomes, nascido em VRSA e que faz parte do Jornal do Algarve, foi um dos homenageados pelas suas quase duas décadas como speaker da Volta a Portugal.  

“Marcou uma época de ouro desta modalidade que ajudou a promover. É um homem multifacetado com uma vastíssima carreira na área do jornalismo e da escrita, autor de vários livros, alguns deles sobre a terra que o viu nascer. Exerceu funções ligadas ao desporto e ao turismo. Tem uma carreira vasta e de grande mérito regional e nacional”, salientou o autarca. 

- Publicidade -

Álvaro Araújo acrescentou ainda que Neto Gomes sempre teve “a sua terra no coração” e agradeceu por “tudo o que fez pelo ciclismo na região”.  

Rogério Domingos, o segundo homenageado natural de VRSA, foi uma referência nacional do ciclismo como profissional até 1968, tendo participado em várias edições da Volta a Portugal e é atualmente proprietário do restaurante “O Alpendre”, em Vila Nova de Cacela. 

“Depois das glórias conseguidas como atleta, dedicou e dedica a sua vida ao ciclismo e incentivou a prática da modalidade nos jovens. O ciclismo muito deve a este homem. É importante que as gerações do presente e do futuro conheçam o carisma de quem tanto lutou por esta modalidade”, destacou Álvaro Araújo. 

Para o presidente da Câmara Municipal de VRSA, Neto Gomes e Rogério Domingos são “duas figuras importantes do ciclismo regional e nacional, duas figuras ímpares para o desenvolvimento do ciclismo na região, dois homens da terra e grandes impulsionadores da modalidade”, que receberam uma placa alusiva. 

Durante o seu discurso, Neto Gomes recordou o seu amigo Fernando Reis, diretor do Jornal do Algarve que faleceu em dezembro de 2021: “Este abraço é para o Jornal do Algarve. Tenho saudades tuas Fernando!”, disse. 

Após recordar que já tinha sido reconhecido em 1993 com uma medalha de bronze entregue pelo antigo presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, António Murta, Neto Gomes salientou que estava em cima daquele palco “por ter sido speaker de incontornáveis Voltas a Portugal e por nunca ter sido speaker da Volta ao Algarve”. 

“Costumo dizer que em todos os momentos da vida, está a vida toda. Tenho uma história que me honra e que honra também esta vila e esta cidade que me viu nascer. Cheguei aqui porque nunca abandonei o campo de aprendizagem. Hoje é dia de festa. Palminhas, palminhas, palminhas…”, concluiu. 

Já Rogério Domingos, que completou no mesmo dia 74 anos, agradeceu a homenagem e a todos os presentes apesar das suas “poucas palavras para dizer”, destacando que “a Volta ao Algarve é muito importante”. 

Poucos minutos depois, pelas 14:08, deu-se início à prova em contrarrelógio com a partida do português Francisco Pereira, da equipa ABTF-Feirense, em direção a Tavira. 

A iniciativa contou também com a participação do vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Ricardo Cipriano, o vereador do desporto da autarquia, Álvaro Leal, o presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Vítor Pataco e o delegado regional do IPDJ, Custódio Moreno. 

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste