Francisco Amaral reeleito com maioria absoluta em Castro Marim

“Estivemos um ano e meio em clima de guerra constante. Foi um massacre e um espetáculo degradante, com a oposição a inviabilizar várias obras e a fazer-nos a vida negra”, disse esta segunda-feira, ao JORNAL DO ALGARVE, Francisco Amaral, no dia após as eleições intercalares que lhe deram a vitória, em Castro Marim, com a desejada maioria absoluta.

“Perdeu-se muito tempo para nada, em lutas partidárias que não têm sentido nenhum. Mas, agora, vai haver paz e vamos canalizar todas as nossas energias a fazer coisas úteis para a população de Castro Marim”, acrescenta o autarca ao nosso jornal.

Depois de ter vencido as eleições de 2017 com apenas 32 votos de diferença para a candidata do PS, Célia Brito, o presidente reconquista assim a maioria absoluta, tendo alcançado quase 60% dos votos.

O autarca da coligação PSD/CDS-PP obteve 1.953 votos (59,82%) e passou de dois para três mandatos (Francisco Amaral, Filomena Sintra e Victor Rosa). Já o PS obteve nestas eleições 1.125 votos (34,46%) e elegeu novamente dois mandatos (Célia Brito e Vítor Esteves). Por seu lado, a CDU obteve 113 votos (3,46%), não conseguindo eleger nenhum vereador. Com uma abstenção de 44,18% e 1% em votos em branco e em votos nulos dos 5.849 eleitores inscritos, foram às urnas 3.265 votantes.

Após este ato eleitoral que reforçou a sua posição na liderança da Câmara de Castro Marim, Francisco Amaral adianta que pretende dar continuidade a vários projetos em carteira, como o abastecimento de água potável a todo o concelho, a renovação da rede de água e de saneamento básico na vila de Castro Marim e Altura, e dar seguimento a uma rede de ciclovias.

“Já está em execução a ligação a Vila Real de Santo António, depois há que ligar Castro Marim a Monte Francisco, Junqueira e à Altura. Há obras essenciais, como o passadiço Altura-Manta Rota, Praia Fluvial de Odeleite, requalificação do espaço onde se realizam os mercados mensais, parque de autocaravanismo em Castro Marim e Altura, parque empresarial, habitação social, os serviços de limpeza das ruas, assim como a manutenção dos caminhos agrícolas”, referiu o presidente agora reeleito.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste