Construção em “derrocada” cai para novos mínimos

.

Setor bate recordes negativos na região há seis anos consecutivos.

O setor da construção no Algarve está a sofrer a maior crise das últimas décadas, com o número de edifícios concluídos a recuar progressivamente, passando de 3.575 em 2001 para 1.412 em 2011, uma queda superior a 60 por cento…! O pior é que essa tendência continua a acentuar-se este ano. Em resultado, a maioria das pequenas empresas da construção já faliu e não há nenhuma firma que não esteja a dispensar pessoal. Só no último ano, perderam o emprego cerca de mil trabalhadores neste setor. Os responsáveis descrevem a situação como “dramática”…

(Toda a reportagem na edição em papel do Jornal do Algarve – 1 de novembro)

Nuno Couto/Jornal do Algarve

pub

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste