25 de abril: Albufeira celebra Zeca Afonso com concerto de Pedro Jóia

No próximo sábado, dia 24 de abril, a partir das 21:30, o Município de Albufeira retoma o ciclo de concertos online com o espetáculo comemorativo do 47o Aniversário do 25 de Abril no concelho, anunciou a autarquia.

“Sente-se confortavelmente no seu sofá e aceda ao canal YouTube ou ao Facebook da autarquia para assistir ao concerto de Pedro Jóia “Zeca Afonso”, que inclui temas do seu mais recente trabalho”, convida o Município de Albufeira.

Pedro Jóia, referência cimeira da guitarra em Portugal, apresenta um repertório que assenta em alguma da melhor música produzida no nosso País, no qual explana toda a sua técnica e sensibilidade musical.

No seu último lançamento discográfico “Zeca”, as palavras estão nas pontas dos dedos de Pedro Jóia que, ao criar uma abordagem instrumental à obra de Zeca Afonso, e tendo como instrumento de base a guitarra – que estando ausente na sua forma original – está tão presente ao longo de toda esta obra que nem nos damos conta do quanto subliminar ela está!

“Este é um daqueles discos que ficam para a história, que serão sempre atuais, que dignificam a obra em si e a obra daquele que o inspirou!”, afirma a nota de Imprensa.

No seu espetáculo, para além de apresentar o seu mais recente trabalho “Zeca”, são apresentadas versões para guitarra de obras emblemáticas de autores tão diversos como Armandinho, Carlos Paredes, além de música composta pelo próprio.

- Publicidade -

Nesta produção Pedro Jóia (à guitarra) apresenta-se em duo, acompanhado por José Salgueiro na percussão.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste