ACTA encerra digressão de “Bullying”em abril

.

Este mês de abril termina a digressão pelas escolas básicas 2,3 e secundárias, do programa de teatro para a educação desenvolvido pela ACTA – Companhia de Teatro do Algarve, com o espetáculo interativo “Bullying”, com encenação de Paulo Moreira.

Até ao final deste mês, a peça ainda vai passar pela escola EB Dr. António Sousa Agostinho, Loulé-Almancil (dia 16, às 10h35), pela EBI Prof. Aníbal Cavaco Silva, Loulé-Boliqueime (dia 17, às 10h10), pela EB Dr. João Lúcio, Olhão (dia 18, às 10h15), pela ES Drª. Laura Ayres, Loulé-Quarteira (dia 19, às 10h30 e 14h45) e, finalmente, pela EB Pe. João Coelho Cabanita, Loulé (dia 20, às 10h20).

O espetáculo “Bullying” trata sobre a problemática da violência no meio escolar a partir de situações tipo, enquadradas pelo jogo dramático que é desenvolvido numa vertente interativa, permitindo aos alunos assumirem diferentes papéis: professor, pai, auxiliar de ação educativa ou membro da comissão executiva.

São abordados os temas da agressão física, agressão verbal ou indisciplina no espaço da escola, inclusivamente na sala de aula, com o objetivo de confrontar os alunos com estas questões.

“Bullying” resultou da criação coletiva de Paulo Moreira, Glória Fernandes e Luís de A. Miranda e conta com a participação dos atores Bruno Martins, Elisabete Martins, Mário Spencer e Tânia Silva.

Este projeto é desenvolvido através de um protocolo de cooperação cultural que anualmente a ACTA celebra com as respetivas autarquias e com a Direção Regional de Educação do Algarve.

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste