Arte andaluza “A persistência da Pintura” em Faro

O Museu Municipal de Faro acolhe no próximo dia 9 de novembro a exposição “A persistência da Pintura”, realizada no âmbito do novo ciclo de arte contemporânea “Preces para afugentar tempestades, insetos malignos, etc.”. Uma produção artística contemporânea andaluza que poderá ser visitada de 9 de novembro até 29 de dezembro, de terça a sexta das 10h00 às 18h00, sábado e domingo das 10h30 às 17h00.

“A persistência da pintura” é uma exposição que expressa a vitalidade da pintura de Sevilha, tendo a participação das artistas Amara Toledo (Sevilha, 1997), Carmen Morillo (Sevilha, 1989), Claudia Suárez (Huelva, 1994), Lucía Tello (Sevilha, 1996) e Sofía González (Sevilha 1994).

“Nesta exposição, todas as artistas recorrem com grande liberdade a uma figuração expressiva, em que imagens de proveniência variada, processadas e plasmadas pelos meios da pintura sobre suportes diversos, como que vêm reorganizar uma realidade aparentemente caótica, conferindo particulares sentidos ao mundo”, refere a organização.

O novo ciclo de arte contemporânea organizado pela arteadentro “Preces para afugentar tempestades, insetos malignos, etc.”, em parceria com Museu Municipal de Faro, que decorrerá até 5 de julho de 2020, apresentará cinco mostras com pintura, desenho, escultura, fotografia 3D, cinema, com parcerias do Cineclube de Faro e da Appleton, financiado pelo Município de Faro.

Verifique a agenda através de: www.facebook.com/Artadentro 

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste