Aumento de mortes volta a questionar segurança nas estradas algarvias

Este grave acidente ocorreu em agosto de 2018, à entrada da cidade de Lagos, num troço já renovado da EN 125

2018 foi um ano negro nas estradas do Algarve, com 40 mortos, o que representa uma subida de 25% do número de vítimas mortais em comparação com o ano anterior, e o dobro do verificado em 2013, o melhor ano de sempre em termos de sinistralidade rodoviária na região, com “apenas” 21 mortos. Mais circulação rodoviária, uso de telemóveis e outras distrações ao volante, excesso de velocidade e estradas mal construídas e mal sinalizadas, são algumas das explicações avançadas pelos especialistas. Ou seja, condutores e estradas partilham culpas no Algarve, um problema que nem as obras de requalificação poderão resolver…!

O aumento do número de vítimas mortais nas estradas algarvias em 2018 fez soar de novo as campainhas de alarme. No ano passado, morreram nas estradas da região 40 pessoas, mais dez do que no ano anterior, o que representa um aumento de 25% (e ainda não estão contabilizadas as vítimas que falecem nos 30 dias após os acidentes). Esta evolução negativa é ainda mais evidente quando se analisam os anos mais recentes. Desde 2012, ano em que perderam a vida 43 pessoas em acidentes de viação, que não morria tanta gente nas estradas do Algarve. E há ainda que contar com 195 feridos graves (mais três do que em 2017), sendo que muitas destas vítimas que sobrevivem aos acidentes ficam inválidos.

Este aumento da mortalidade volta a questionar a segurança nas estradas algarvias. Por isso, o JORNAL DO ALGARVE foi à procura das explicações para este fenómeno e encontrou diversas respostas possíveis. Uma delas é o “aumento significativo” do trânsito verificado em 2018, já que o último Barómetro Algarve Conjuntura, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, revela “aumentos generalizados nos tráfegos rodoviários”, ou seja, “uma maior utilização do transporte individual na região algarvia”…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 10 DE JANEIRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

Advertisements
Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste