ALGARVE

Buscas por homem desaparecido no Guadiana recomeçaram esta quinta-feira

Cais da Foz de Odeleite
Cais da Foz de Odeleite.

As autoridades marítimas deram esta quarta-feira por concluído, sem sucesso, o quarto dia de buscas pelo homem que desapareceu no domingo no rio Guadiana, no concelho de Castro Marim, disse o capitão do porto de Vila Real de Santo António.

Depois de, quarta-feira, as operações terem sido dificultadas pelo mau tempo e os meios terem estado impedidos de ir para o terreno durante a manhã, as buscas foram retomadas nesta quinta-feira ao nascer do sol, adiantou à Lusa Rui Vasconcelos de Andrade.

“Não posso falar pelas autoridades espanholas, [na quarta-feira] o mau tempo impediu-nos também a nós de realizar buscas durante a manhã, porque a chuva forte tornou a visibilidade praticamente nula, e estivemos com o dispositivo no rio só da parte da tarde, até escurecer, sem resultados”, afirmou.

Rui Vasconcelos de Andrade referia-se às embarcações do salvamento marítimo e da Armada espanholas que, após as buscas iniciais na tarde domingo, integram o dispositivo para encontrar o homem desaparecido e ajudaram as lanchas da Estação Salva-vidas de Vila Real de Santo António e da Polícia Marítima durante as operações nos últimos três dias.

As chuvas que se têm feito sentir têm arrastado sedimentos para o rio e deixado a “água barrenta”, o que está a dificultar a visibilidade e as possibilidades de concluir as buscas com sucesso, referiu ainda o capitão do porto algarvio situado na foz do Guadiana.

O homem que está a ser procurado tem 48 anos e desapareceu por causas que “ainda estão a ser averiguadas”, tendo o alerta sido dado por outros dois homens que o acompanhavam “a passar o dia na zona” e a “fazer pesca lúdica”, esclareceu a mesma fonte logo após o desaparecimento.

Questionado sobre se a situação meteorológica adversa pode voltar a impedir o dispositivo de fazer buscas durante algum período do dia na quinta-feira, o capitão do porto respondeu que “não”, justificando que “é esperada uma melhoria do estado do tempo”, mas advertindo que os trabalhos podem não dar resultados durante vários dias devido à fraca visibilidade na água.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste