Caixão surpreende junto a contentor do lixo em Faro

Uma cena insólita surpreendeu no último dia do ano os moradores da Rua Filipe Ferrer, na cidade de Faro. Um caixão, de dimensão para uma criança, foi abandonado junto a um contentor do lixo, despertando diversas reações, da curiosidade à indignação, de quem passava no local.

Será que o caixão foi retirado de um cemitério? Será que há algum crime por trás do caso? Será que foi roubado de alguma agência funerária? Foram várias as dúvidas levantadas pelos moradores, que partilharam algumas fotografias nas redes sociais. Os moradores acabaram por chamar a polícia, que abriram e verificaram que o caixão estava vazio.

Contactada pelo JORNAL DO ALGARVE, a PSP de Faro garante que a urna não tinha sido utilizada e, por isso, “por enquanto não está a decorrer nenhuma investigação” sobre este caso insólito. “De facto, não é uma situação normal”, acentua ao nosso jornal a porta-voz da PSP de Faro, explicando que o caixão foi removido pelas autoridades policiais, devendo nos próximos dias ser entregue à empresa municipal Fagar para destruição.

“Neste momento, ainda estamos a aguardar se há denúncia do caso, já que até agora não foi aparentemente cometido nenhum crime e não temos notícia de nenhuma profanação de cemitério”, refere a fonte da PSP de Faro, acrescentando que “qualquer pessoa pode comprar um caixão e deixá-lo na rua”, apesar de admitir que esta “não é uma situação que se vê todos os dias”.

Ao JORNAL DO ALGARVE, as autoridades admitem ainda que será difícil detetar a origem da urna.

Nuno Couto/Jornal do Algarve

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste