Câmara de Loulé distribuiu 330 cabazes a famílias mais vulneráveis

O serviço de Ação Social da Câmara Municipal de Loulé já distribuiu 330 cabazes a pessoas e famílias de vários pontos do concelho que vivem numa situação de vulnerabilidade social agravada pela COVID-19, anunciou a autarquia.

Estes cabazes contêm, não só produtos alimentares, mas também outros bens de primeira necessidade e irão ajudar pessoas com dificuldades económicas provocadas pelo desemprego, pelo isolamento social ou por problemas de mobilidade, uma vez que uma parte dos beneficiários desta iniciativa são idosos que vivem sozinhos, sem qualquer suporte familiar, e na grande maioria, afastados dos centros urbanos.

De referir que todas estas pessoas contactaram a Linha Loulé Solidário, contando com o apoio por parte dos técnicos municipais que os encaminharam para esta ajuda alimentar.

Por outro lado, desde o dia 22 de abril, está a funcionar no Centro Paroquial de S. Clemente um núcleo de refeitório direcionado exclusivamente para o levantamento de refeições take-away e de cabazes sociais, numa altura em que o novo coronavírus veio acentuar as fragilidades e riscos sociais de algumas famílias do concelho.

Durante esta crise sanitária, a Câmara Municipal de Loulé tem levado a cabo diversas iniciativas de apoio social, entre os quais o Refeitório Social em Quarteira, a distribuição diária de refeições a pessoas em isolamento ou com problemas de mobilidade, o acompanhamento psicológico também disponível através do contacto da linha Loulé Solidário ou o apoio às comunidades migrantes.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste